Buscar
  • TINA PETRI

Seguro de responsabilidade civil resguarda empresas de imprevistos


Proteção ajuda a garantir a manutenção dos negócios em caso de situações que causem danos involuntários materiais ou corporais causados a terceiros

No mundo dos negócios, é preciso estar atento à responsabilidade civil para evitar prejuízos financeiros gerados por condenações em ações judiciais. Toda empresa interage em algum nível com a sociedade, seja por meio de clientes ou fornecedores, e pode enfrentar situações que envolvam a necessidade de arcar com danos materiais ou corporais, algumas vezes com o pagamento de indenizações de alto valor. Mas afinal, como se preparar para isso?


Segundo Renato Giovanni, mentor da Endeavor, organização global de apoio ao empreendedorismo, as empresas pensam muito na responsabilidade contratual que firmam com os clientes antes da execução dos serviços, mas muitas vezes se esquecem da responsabilidade extracontratual. “Não é fácil prever os atos da vida, as coisas que vão acontecer fora do controle, como um acidente ou um imprevisto”, ressalta, em entrevista ao Money Lab.


O que é responsabilidade civil?


A responsabilidade civil pode ser entendida como o dever de uma pessoa física ou jurídica de reparar danos de natureza civil por ela causados.

Na prática, a responsabilidade civil não trata apenas de eventos catastróficos de grande porte. Problemas na execução de um serviço, uma pessoa que escorrega em um ambiente de compras, um defeito de um produto causando acidentes, a contaminação de um alimento fornecido por um restaurante, mesmo uma queda de um objeto sobre uma pessoa ou qualquer tipo de contaminação ambiental devido a um acidente de transporte terrestre, podem ser definidos como um dano.

Qualquer destas, e diversas outras situações causadas acidentalmente, podem ser insumos para um processo judicial.


Imprevistos podem inviabilizar negócios

Renato enfatiza que muitas empresas ou profissionais autônomos acabam tendo os negócios inviabilizados por conta de processos de responsabilidade civil. “Muitos imprevistos podem acarretar valores de indenizações desproporcionais à remuneração básica da empresa”, explica.


Para ele, mapear os riscos comuns de cada atividade é tarefa básica para evitar episódios indesejados, mas isso não garante que as operações estejam completamente seguras. “Colocar uma placa avisando que o chão está molhado não significa que alguém não possa cair. A condução da operação deve ser focada antecipando possíveis problemas, mas ninguém controla imprevistos”, avalia.


O executivo avalia que além do cuidado com os riscos conhecidos, há uma outra forma de proteger as operações e, consequentemente, os clientes. “Acredito que contratar um seguro de responsabilidade civil é um caminho indicado. Desta forma, a empresa ou mesmo o profissional autônomo garantem a continuidade do negócio e o cliente tem a garantia de ter ressarcido”, afirma.


Há opções de seguros para empresas de todos os portes

Importante player do mercado de seguro de responsabilidade civil, procure um corretor de seguros e conte com soluções para empresas de todos os portes e tipos de operação. Além disso, possibilita facilidade no pagamento e contratação simples e rápida.

As seguradoras contam

com a parceria de um time especializado de corretores que atuam como consultores dos empresários em busca da melhor opção para respaldar as atividades mais variadas. O diferencial está nas soluções customizadas que atendem às necessidades do cliente, podendo incluir diversos tipos de cobertura: como riscos de operação, prestação de serviços em locais de terceiros, comercialização de produtos, recall, danos morais, entre várias outras possibilidades.


Quer saber mais sobre o assunto, ou simplesmente pedir uma cotação, entre em contato através  Whatsapp (21) 9 8320-0007 Tina Petri.

3 visualizações